segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Da TAM, eu não espero mais nada


Depois de um tempinho sem postar, aproveitei a minha TPM para demonstrar toda a minha frustração em relação a falta de informação, educação e também a ignorância de alguns setores brasileiro. Que a educação pública no país é um lixo, isso estamos carecas de saber, mas uma das maiores empresas de aviação do Brasil cometer um erro destes é, no mínimo, inaceitável. Tá certo que depois do descobrimento do Sedna e do rebaixamento do Plutão, ninguém sabe ao certo quantos planetas existem no universo, mas desconhecer de forma tão absurda as capitais brasileiras, pra isso não tem desculpas. Desconhecer não é problema, mas permanecer no erro e divulgá-lo e mais do que burrice. (Gente, digitem no Google!) A notícia abaixo esclarece a minha indignação.


"A capital do Espírito Santo é Vitória da Conquista e as panelas de barro são produzidas apenas na quaresma para encorpar feijão. Esta afirmação, considerada absurda pelos capixabas e por qualquer pessoa que se dê o trabalho de uma rápida pesquisa na internet, foi incrivelmente publicada na revista distribuída para os passageiros da empresa aérea TAM, no mês de janeiro.
Este "descuido" da publicação gerou a indignação da Espírito Santo Convention & Visitors Bureau (ESC&VB), que com o apoio da Secretaria de Estado de Turismo (setur), encaminhou um pedido de retratação à empresa. A TAM, de acordo com a Setur, se prontificou a escrever uma nova matéria sobre Vitória. "Acho um absurdo, um equívoco desagradável, mas nós temos como contornar e este é o nosso papel", afirmou o secretário de Turismo, Marcus Vicente.
Segundo a ESC&VB, em nota oficial divulgada à imprensa, os "absurdos" apontam a falta de conhecimento que, de modo geral, os jornalistas e a população brasileira possuem do destino capixaba. A entidade também afirmou que o fato deve servir para sensibilizar os Governos Estadual e Municipais para que atuem mais incisivamente em campanhas de promoção, aproveitando a vocação natural do Espírito Santo ao turismo.
A matéria, que teve o título "Arte que une água, terra, fogo e ar" e falava sobre a arte da panela de barro, chamava a capital do Estado de Vitória da Conquista e cometia outros erros como indicar que a panelas serviam para "deixar o caldo de feijão encorpado e a farofa soltinha", além de omitir o uso das panelas para a realização da tradicional moqueca capixaba."

6 comentários:

Bala Salgada disse...

Que bizarro!

Na TPM dá vontade de falar tudo o que vem à mente mesmo.

RodrigO [OsBunitãO] disse...

Nossa!
Então agora o Espirito Santo fica na Bahia? kkkkkk
Isso é burrice, todo cidadão tem que conhecer seu país por obrigação, os estados, o hino, a história... Erros como esse são inaceitáveis, principalmente vindo de quem veio, afinal eles vivem de viagens pelo Brasil!
Tsva com saudades daqui!
bjO*

***∂ιєgασσσ*** [σѕ вυиιтασ] disse...

vixiii!
pior que ainda não está tudo perdido ainda, tem muito a se perder!!!
cada coisa, neh?!
eh minha primeira passagem por aki, gostei pra daná do blog!!
parabens!!
bjuss !!

=]

Cilla Adriana disse...

Meu Deus! Que bizarro mesmo, como disse a Bala.
Vitória da Conquista capita do ES foi demais! E olha que é a CAPITAL de um estado BRASILEIRO.
Fora que Vitória da Conquista todos sabem que fica na Bahia (ou todos deveriam saber? rs)
E olha que nunca fui à Bahia... Ai ai, está com direito de se sentir indignada, seja com ou sem TPM!
E realmente da TAM, não dá pra esperar outra coisa. Muito chocada O_o
Beijos querida

caixadevinis disse...

nunca viajei de Tam

prefiro muito mais a Gol. A comida, a revista e as comissárias são bem melhores

Theo Conti disse...

Wow! Realmente um absurdo, eu não havia lido nada sobre isto e uma empresa do tamanho da TAM escrever sobre uma capital brasileira que não existe é péssima. A panela de barro é um dos ícones do nosso estado e persistir no erro é quase a mesma coisa que "servir comida estragada a passageiros"! TAM, muitas decepções em pouco tempo! Nota 0.0